Especialidade de Anfíbios Avançado Respondida - Desbrava7 | Especialidades Respondidas | Desbravadores

Especialidade de Anfíbios Avançado Respondida

em 6/02/2020


Especialidade de Anfíbios Avançado, se você não tem, vamos mudar isso!

Especialidade de Anfíbios Avançado



1. Ter a especialidade de Anfíbios.

Caso ainda não tenha, veja Especialidade de Anfíbios Respondida.

2. Como é chamado o estudo dos Anfíbios?

R: A herpetologia é um ramo da zoologia dedicado ao estudo dos répteis e anfíbios.

3. Qual a diferença entre animais peçonhentos e animais venenosos? Os anfíbios podem ser classificados em qual desses grupos? Todos os anfíbios possuem toxinas?

R: Os animais peçonhentos possuem um aparelho para inocular o veneno. As glândulas de veneno ou peçonha desses animais ligam-se com dentes ocos, ferrões ou aguilhões.

Os animais venenosos produzem veneno. Porém, não possuem estruturas para inoculação.

Os anfíbios se classificam como animais venenosos.

Nem todos, alguns anfíbios possuem também glândulas serosas capazes de produzirem toxinas que, em contato com as mucosas ou com a pele são capazes de causar envenenamento. Essas glândulas liberam veneno apenas quando são pressionadas, deixando que as toxinas escorram na pele do animal (e não lançadas em jatos, como algumas pessoas tradicionalmente afirmam).

4. Elaborar e realizar um projeto de pesquisa simples com base na observação natural ou em cativeiro de um ou mais anfíbios selecionados e escrever um artigo com as conclusões que chegar. Para facilitar a elaboração e realização do projeto, seguir os seguintes pontos:

Item prático

a) Definição da(s) espécie(s).

b) Definição do(s) Parâmetro(s) para observação.
Ex: (estrutura e características físicas, alimentação, hábitos diurnos/noturnos, sons emitidos, locomoção, etc).

c) Definição do local da observação, metodologia adotada e materiais necessários.

d) Elaboração do cronograma de execução.

Observações: É muito importante que seja realizado um levantamento bibliográfico, tanto para facilitar na elaboração do projeto quanto para ter parâmetros de análise dos resultados. O estudo deve ter um mínimo de 25 horas de observação real e duração máxima total de 6 meses. Danos intencionais e/ou morte do objeto do estudo não serão permitidos. Ao realizar o estudo, ter certeza de estar em conformidade com as leis ambientais de seu Estado e país.


-- ♥ --

Especialidade enviada pela colaboradora Alessandra Somolinos. 

Se você também quiser colaborar com o D7 enviando alguma especialidade que ainda não tem no blog, é só enviar para o e-mail desbrava7blog@hotmail.com

Se inscreva no canal e fique por dentro de todo conteúdo!


Baixe a Especialidade.
Clique AQUI e baixe a especialidade SEM RESPOSTAS.
Clique AQUI e baixe a especialidade COM RESPOSTAS.

Lembre de adicionar suas respostas ao relatório, fiz ele no word para que você pudesse editar do seu jeitinho. Qualquer dúvida, me procurem!

Nenhum comentário:

Deixe um comentário. ♡