Especialidade de Bactérias Respondida

em 10 de abril de 2019

Especialidade-de-Bacterias-Respondida
Especialidade de Bactérias, se você não tem, vem conferir e não esquece de compartilhar com seus amigos, a divulgação de vocês me ajuda muito!

Especialidade de Bactérias.



1. Quais as principais características de uma bactéria que a colocam num reino separado dos demais seres vivos?

R: As Bactérias estão inseridas no Reino Monera por serem seres unicelulares, procariontes mais primitivos e semelhantes as arqueobactérias e cianobactérias, que pertencem ao mesmo reino.

2. Através de desenhos ou figuras, identificar as principais estruturas de uma célula bacteriana.
3. Esquematize as 4 principais formas de bactérias.
4-principais-formas-de-bacterias
4. O que são bactérias gram negativas e gram positivas?

Gram-positivas: Bactérias que possuem parede celular com uma única e espessa camada de peptidoglicanos. Pelo emprego da coloração de Gram, tingem-se na cor púrpura ou azul quando fixadas com cristal violeta, porque retêm esse corante mesmo sendo expostas a álcool.

Gram-negativas: Bactérias que possuem uma parede celular mais delgada e uma segunda membrana lipídica - distinta quimicamente da membrana plasmática - no exterior desta parede celular. No processo de coloração o lipídio dessa membrana mais externa é dissolvido pelo álcool e libera o primeiro corante: cristal violeta. Ao término da coloração, essa células são visualizadas com a tonalidade rosa-avermelhada do segundo corante, safranina que lhes confere apenas a coloração vermelha.

5. Explicar as formas de reprodução das bactérias. Quais as principais condições ambientais para uma bactéria se reproduzir?

R: As bactérias podem apresentar como forma de reprodução a reprodução binária, também chamada de cissiparidade ou bipartição. Neste processo de reprodução assexuada, a bactéria duplica seu material genético e se divide em duas, ambas terão a mesma quantidade de DNA e representarão as mesmas funções. As bactérias não apresentam nenhum tipo de reprodução sexuada, e sim recombinação genética que pode ocorrer por transformação, transdução ou conjugação.

A transformação ocorre com algumas bactérias que conseguem absorver fragmentos de DNA que se encontram dispersos no meio. Esses fragmentos são incorporados ao material genético das bactérias transformando-as.

Na transdução bacteriana ocorre troca de material genético entre bactérias com a participação de um bacteriófago.

A conjugação bacteriana, assim como ocorre na transformação e na transdução, é a passagem de DNA de uma célula doadora para uma receptora. No caso da conjugação, é necessário o contato entre as células bacterianas, sendo que a doadora possui um plasmídio conjugativo, que possui genes que codificam, por exemplo, para o pili F (F= fertilidade). Este se liga a célula bacteriana receptora e recebe uma fita do Plasmídio (lembre-se que plasmídio são moléculas de DNA extracromossomial).

Como as fitas são complementares, a que ficou serve de molde para outra fita e a que foi para outra célula também. A conjugação é uma forma de recombinação genética entre as bactérias. Como não há aumento no número de células bacterianas, não pode ser considerada uma forma de reprodução.

Fatores chave para o crescimento de bactérias incluem umidade suficiente, temperatura adequada, a concentração de sal e um pH quase neutro.

6. Como ocorre a alimentação e respiração das bactérias?

R: Quanto a nutrição bacteriana, existem duas classificações: autótrofas, que produzem seu próprio alimento (fotossíntese), heterótrofos, que tem seu alimento de fontes externas como por aerobiose, ou fermentação (lática ou alcoólica).

7. Cite 3 bactérias que podem trazer prejuízos ao homem. Explique o porquê.

Micobacterium tuberculosis: Causa tuberculose.
Streptococcus pneumoniae: Causa pneumonia.
Clostridium tetani: Causa tétano.

8. Cite 3 bactérias benéficas ao homem. Explique o porquê.

Lactobacillus: Uma vez no intestino, esses seres se reproduzem com grande rapidez e ainda criam um ambiente propício para que outras bactérias benignas possam se estabelecer ali.

Escherichia coli: É considerada um indicador de qualidade de água e alimentos através da análise de coliformes fecais: nome dado a um grupo de bactérias que habita o intestino dos referidos animais.

Acetobacter: São capazes de fermentar vários açúcares, formando o ácido acético, ou ainda, utilizam este ácido como fonte de carbono, produzindo CO2 e H2O.

9. Cite 1 história bíblica que apresenta uma doença bacteriana.

R: Lucas 17:11-19 - A bactéria envolvida é a Micobacterium lepra.

10. Cite 5 doenças bacterianas e alguns cuidados que temos que ter para evitá-las.

Tétano: A melhor maneira de se prevenir o tétano é por meio da vacinação. Após a primeira dose, deve-se esperar dez anos para tomar a segunda. Tomar as duas doses da vacina contra tétano é essencial para garantir a imunização.

Sífilis: O uso da camisinha e ter relações sexuais seguras são a melhor forma de prevenir a sífilis.



Gonorreia: Usar preservativos na relação sexual é o melhor meio para se prevenir gonorreia. Use camisinha em todo e qualquer tipo de contato sexual, seja ele vaginal, anal ou oral.

Cólera: Lavar as mãos com água e sabão frequentemente, especialmente depois de usar o banheiro e antes de manipular alimentos. Se possível, desinfete as mãos com álcool. Beba apenas água potável, de preferência água engarrafada. Alimente-se de comidas completamente cozidas e quentes. Evite alimentos que se come crus, como peixes e mariscos de qualquer tipo. Atenha-se a frutas e legumes que você pode mesmo pode preparar e descascar, como bananas, laranjas e abacates. Desconfie de laticínios, incluindo sorvetes, que muitas vezes podem ser feitos com leite não pasteurizado. E vacina.
Salmonelose: Pode ser evitada através do correto manuseio e confecção dos alimentos. Para evitar a contaminação recomenda-se só comer carne bem passada, lavar as mãos antes de manusear e consumir os alimentos e evitar comer saladas e frutas com casca em lanchonetes e restaurantes, pois não se sabe os hábitos de higiene destes locais.




11. Qual a importância de não se usar antimicrobianos sem prescrição médica?

R: Não é aconselhável tomar antibióticos sem prescrição médica porque ele pode acabar destruindo algumas bactérias benéficas presente no nosso trato digestivo, com isso haverá desequilíbrio na microbiota intestinal. Além que, em caso de uma infecção por bactérias pode haver a seleção de bactérias mais resistentes em caso de negligencia no tratamento.

Especialidade enviada pela desbravadora Thayres, obrigada! 


Qualquer dúvida, deixem nos comentários.


Se inscreva no canal e fique por dentro de todo conteúdo!


Baixe a Especialidade.
Clique aqui e baixe a especialidade SEM RESPOSTAS.
Clique aqui e baixe a especialidade COM RESPOSTAS.

Lembre de adicionar suas respostas ao relatório, fiz ele no word para que você pudesse editar do seu jeitinho. Qualquer dúvida, me procurem!

Nenhum comentário:

Deixe um comentário. ♡