Especialidade de Futebol Respondida - Desbrava7 | Especialidades Respondidas | Desbravadores

Especialidade de Futebol Respondida

em 2/18/2019

Especialidade de Futebol Respondida

Tem algumas especialidades que são pedidas com frequência e com certeza a especialidade de futebol está no meio, porque foram muitos pedidos, tanto por aqui, como no instagram, então obviamente eu resolvi postar logo, porque eu estava vendo o momento em que vocês iam me lixar hahaha bora lá conferir!



Especialidade de Futebol


1. Conhecer o regulamento atualizado da FIFA (Federação Internacional de Futebol) e relacionar as 17 regras principais do futebol.

O CAMPO DE JOGO: O campo de jogo deve ser de superfície totalmente natural (grama) ou, se o regulamento da competição permitir, de superfície totalmente artificial. O campo de jogo deve ser retangular e marcado com linhas contínuas que não podem constituir qualquer perigo.

A BOLA: A bola deve ser esférica, recoberta de couro ou outro material aprovado, que não represente perigo à integridade dos atletas. Sua circunferência máxima será de 70 cm, e a mínima 68 cm; o peso dever estar entre 410 e 450 g no início da partida. Sem autorização do árbitro, não pode ser trocada no transcorrer do jogo.

OS JOGADORES: A partida será jogada por duas equipes formadas por um máximo de 11 jogadores cada uma, dos quais um jogará como goleiro. A partida não se iniciará se uma das equipes tiver menos de sete jogadores.

O EQUIPAMENTO DOS JOGADORES: O equipamento básico obrigatório de um jogador será: Uma camiseta com mangas; calções - caso usem calções térmicos, estes deverão ter a cor principal dos calções do uniforme; meias; caneleiras; calçados. Os goleiros podem usar calças compridas e luvas. Os jogadores não utilizarão nenhum equipamento nem levarão nenhum objeto que seja perigoso para eles mesmos ou para os demais jogadores (incluindo qualquer tipo de jóias).

O ÁRBITRO: Cada partida será controlada por um árbitro, que terá autoridade total para fazer cumprir as regras do jogo na partida para a qual tenha sido designado. As decisões do árbitro sobre fatos em relação com o jogo, são definitivas. O árbitro poderá modificar sua decisão, unicamente, se dar conta de que é incorreta ou, se a julga necessária, conforme a uma indicação por parte de um árbitro assistente, ou árbitro de vídeo, sempre que não tenha reiniciado ainda o jogo.

OS OUTROS OFICIAIS DE ARBITRAGEM: Serão designados dois (02) árbitros assistentes que terão que indicar: se a bola tenha ultrapassado em sua totalidade os limites do campo de jogo, a que equipe corresponde efetuar os tiros de canto, tiros de meta ou o arremesso lateral, quando se deverá sancionar a um jogador por ele estar em posição de impedimento, quando se solicita uma substituição, quando ocorre alguma falha ou outro incidente fora do campo visual do árbitro. O jogo também deverá ter um 4º árbitro que supervisionará as substituições, verificará o equipamento dos jogadores, inspeciona as bolas reservas e informa o árbitro sobre as condutas incorretas dos integrantes do banco de reservas.

A DURAÇÃO DO JOGO: O jogo terá duração de dois períodos iguais de 45 minutos cada, que só poderão ser reduzidos se houver acordo entre o árbitro e as duas equipes, antes do seu início e desde que haja previsão no regulamento da competição. Os jogadores têm direito a um intervalo entre os dois períodos, que não deve exceder 15 minutos.

O INÍCIO E REINÍCIO DE JOGO: O jogo deve começar com um tiro inicial (saída) no início de cada um dos períodos, inclusive das prorrogações e depois que um gol for marcado. Os tiros livres (diretos e indiretos), pênaltis, arremessos laterais, tiros de meta e tiros de canto são também formas de reiniciar o jogo. A bola ao chão é uma forma de reinício do jogo, quando o árbitro o paralisa sem que haja previsão de seu reinício de uma das formas acima.

A BOLA EM JOGO E FORA DE JOGO: Bola fora de jogo = quando transpuser completamente uma linha de meta ou linha lateral quer pelo chão ou pelo alto ou quando o jogo for interrompido pelo árbitro. Bola em jogo = A bola estará em jogo em todas as outras situações inclusive quando tocar em um oficial da equipe de arbitragem, nos postes e nos travessões da meta ou nos mastros de tiro de canto e desde que permaneça no campo de jogo.

DETERMINAÇÃO DO RESULTADO DE UM JOGO: A equipe que marcar maior número de gols durante a partida será a vencedora. Quando as duas equipes marcarem o mesmo número de gols ou não marcarem nenhum, o jogo terminará empatado. Um gol será marcado quando a bola transpuser completamente a linha de meta, entre os postes e por baixo do travessão, desde que nenhuma infração às leis do Jogo tenha sido previamente cometida pela equipe a favor da qual o gol seja marcado.

IMPEDIMENTO: Um jogador está em posição de impedimento, quando ao ser tocada a bola para ele, ele estiver em seu campo de ataque e a frente dele, tiver menos de 2 jogadores adversários. Para não estar em impedimento, é necessário que na hora do passe tenha no mínimo 2 jogadores adversários na mesma linha ou à sua frente ou está atrás da linha da bola na hora do passe.

FALTAS E INCORREÇÕES: Sempre será marcada uma falta quando o jogador praticar uma ação antidesportiva que ponha em risco a integridade física do companheiro e/ou uma jogada considerada pelo árbitro como imprudente, temerária ou com uso de força excessiva. As faltas podem ser consideradas tiros livre diretos e indiretos, ou pênalti quando for feita dentro da área. Os tiros livres indiretos e diretos e o pênalti só podem ser marcados por faltas e infrações cometidas quando a bola estiver em jogo.

OS TIROS LIVRES: Os tiros livres são diretos ou indiretos. Tanto para os tiros livres diretos como para os indiretos, a bola deverá estar imóvel quando se lança o tiro e o executor não poderá voltar a tocar na bola, antes de que esta tenha tocado em outro jogador.

PÊNALTI: Será concedido um tiro penal contra a equipe que cometer uma falta que leve a um tiro direto, dentro de sua própria área enquanto a bola está em jogo. Um gol poderá ser marcado diretamente de um tiro penal.

O ARREMESSO LATERAL: O arremesso lateral é uma forma de reiniciar o jogo. Um arremesso lateral será concedido a favor da equipe adversária do jogador que tocar por último na bola antes de sair totalmente do campo pela linha lateral. Não pode ser marcado um gol diretamente de um arremesso lateral. Ao executar o lateral, o jogador deve lançar a bola com as duas mãos vindo de trás e por sobre a cabeça, para o campo de jogo.

TIRO DE META: O tiro de meta é uma forma de reiniciar o jogo. Se concederá um tiro de meta quando a bola tenha ultrapassada em sua totalidade a linha de meta, depois de haver tocado por último um jogador da equipe atacante, e não tenha marcado um gol.

ESCANTEIO: O escanteio ou tiro de canto é uma forma de reiniciar o jogo. Um tiro de canto é assinalado quando a bola ultrapassar completamente a linha final adversária, tocada em último lugar por um jogador da equipe defensora, sem que um gol tenha sido marcado.

2. O que significa a expressão "fair play"?

Fair Play significa jogo justo, jogar limpo, ter espírito esportivo, em português. Fair Play é uma expressão do inglês que significa modo leal de agir.

3. Desenhar em escala um campo de futebol com suas linhas e dimensões. Informar as dimensões máximas e mínimas oficiais do campo de futebol em seu país.

Para jogos nacionais:
Comprimento (linhas laterais): Mínimo 90 m e máximo 120.
Comprimento (linhas de meta): Mínimo 45 m e máximo 90 m.

Para jogos internacionais:
Comprimento (linhas laterais): Mínimo 100 m e máximo 110 m.
Comprimento (linhas de meta): Mínimo 64 m e máximo 75 m

4. Demonstrar habilidade razoável em jogar futebol.

Boa sorte pra vocês, item prático!

5. Descrever as diferentes habilidades necessárias em cada posição do futebol.

Goleiro: De maneira bem simples e direta, o goleiro tem como função principal evitar que o jogador adversário faça o gol. Podem-se destacar como essenciais características de um goleiro a flexibilidade, a coordenação, a agilidade, a velocidade de reação, o equilíbrio e a impulsão; as características técnicas de um bom goleiro são a reposição de bola, o lançamento e a habilidade com as mãos, além do passe.

Laterais: Como o próprio nome diz, esses jogadores atuam pelas laterais do campo e são fundamentais em alguns times de futebol, como se fossem uma válvula de escape para a equipe. Eles têm dupla função que é atacar e marcar na hora certa. Suas principais características são: velocidade, qualidade de passe , apoiar o ataque , marcar, cruzar e finalizar.

Zagueiros: São os principais responsáveis pela defesa do time. São os últimos jogadores antes do goleiro, evitando assim que o adversário chegue ao gol. São características de um bom zagueiro: velocidade, antecipação e um bom jogo aéreo. Além disso, ter um bom passe é muito importante.

Volantes: No campo, o volante se posiciona na linha central. Sua principal função é defensiva, tendo que marcar e recuperar a bola, embora eles também façam a saída de bola da defesa para o ataque. Normalmente, ele dá o 1º combate (ou seja, antes do zagueiro, ele marca no meio de campo evitando com que os zagueiros saiam muito da área e que não tenha um buraco). É considerado um bom volante, o jogador que marca bem e que aparece como elemento surpresa para o ataque. Esses jogadores precisam ter bom passe.

Meias: Eles são os responsáveis pela criação das jogadas ofensivas da equipe. São encarregados de deixar os atacantes na cara do gol. Tem fator decisivo em algumas partidas, caso seja um meia que desequilibre. Geralmente os jogadores mais habilidosos em um time jogam no meio de campo. São qualidade dos meias: ter um bom drible, um bom passe, percepção da posição dos jogadores de seu time e uma boa finalização.

Atacantes: A função básica do atacante é marcar gols. Sua principal habilidade é o poder de finalização. Os atacantes precisam ter um bom chute e também um bom cabeceio. Ter um bom drible e também velocidade são características que potencializam um bom atacante, embora alguns centroavantes sejam mais lentos, porém eficientes.

6. Conhecer o significado e os sinais dos árbitros para os seguintes:

a. Impedimento: É uma das regras mais complexas do futebol porque envolve tanto o conceito de posicionamento em campo quanto a capacidade de avaliação por parte do árbitro. Como já falado, um jogador está em posição de impedimento, quando ele estiver em sua linha de ataque e a frente dele, só estiver um jogador adversário. Para não estar em impedimento, é necessário ter no mínimo 2 jogadores adversários na mesma linha ou à sua frente.

b. Agarrão: Um agarrão pode ser cometido de forma proposital pelo jogador, ou através de lances em que o árbitro determina a sua existência. É o agarrão que desencadeia outros lances como faltas e pênalti. Agarrões podem também gerar cartões para quem o comete. Uma falta simples com agarrão pode não gerar cartões, uma falta média, pode gerar um cartão amarelo, já uma falta grave, pode levar o jogador a expulsão com um cartão vermelho.

c. Pênalti: Acontecerá se um jogador sofrer uma falta dentro da área adversária ou se um jogador colocar a mão na bola intencionalmente dentro de sua área. O pênalti é cobrado na marca central, com distância de 11 metros do gol.

d. Escanteio: O escanteio funciona como um método para reiniciar uma partida, e deve ser feito pela equipe atacante quando a bola sair completamente do campo pela linha de fundo sem que um gol tenha sido marcado, tendo sido tocada por último por um jogador da equipe adversária. OBS.: Onde o árbitro estiver, ele aponta para o escanteio.

e. Tiro livre indireto: Como o nome sugere, em um tiro livre indireto não é permitido chutar diretamente para o gol, é necessário no mínimo dois toques. Um tiro livre indireto será concedido à equipe adversária de um jogador que: • jogar de maneira perigosa; • impedir o movimento de um adversário sem qualquer contato; • discordar usando linguagem e/ou gestos ofensivos, de insulto ou abusivo ou outras ofensas verbais;

f. Tiro livre direto: Será concedido um tiro livre direto a favor da equipe adversária do jogador que praticar uma das seguintes ações considerada pelo árbitro como imprudente, temerária ou com uso de força excessiva: • fazer carga em um adversário; • saltar sobre um adversário; • dar ou tentar dar um pontapé em um adversário; • empurrar um adversário; • golpear ou tentar golpear (incluindo cabeçada) um adversário; • dar uma entrada ou disputar a bola com um adversário; • dar ou tentar dar um calço ou uma rasteira em um adversário.

g. Gol: É o ato mais importante do jogo de futebol, e ocorre sempre que a bola ultrapassa por completo uma barreira imaginária entre “traves’’ e sob o “travessão”.



7. Definir os seguintes termos:

a. Advertência e Expulsão: Quando um jogador comete uma falta ele pode ser advertido ou expulso da partida. A advertência pode ser verbal ou com o cartão amarelo. Já a expulsão é dada quando o árbitro sinaliza o cartão vermelho.

b. Artilheiro: É o jogador que marca mais gols em um determinado campeonato, também conhecido como melhor marcador, é o ‘’homemgol’’ do time.

c. Barreira: Obstáculo formado por um grupo de jogadores que se organiza em linha, a 9,15 m do local da infração para dificultar o chute em benefício do goleiro.

d. Bicicleta: Movimento quando o jogador fica em posição horizontal e acerta na bola com os dois pés suspensos, de costas para o chão.

e. Bobinho: É uma roda de jogadores onde um jogador fica no meio da roda tentando roubar a bola que está sendo distribuída entre a roda de jogadores, esse tipo de brincadeira, serve como tática de jogo, onde é treinado atitude, atenção, o passe e movimentação, principalmente.

f. Bola ao chão: o árbitro deixará cair à bola no local onde a mesma se encontrava quando o jogo foi paralisado.

g. Bola fora: A bola estará fora de jogo quando tiver ultrapassado completamente uma linha e lateral ou de meta, seja por terra ou pelo ar ou o jogo tenha sido interrompido pelo árbitro.

h. Cabecear: É o ato de impulsionar a bola utilizando a cabeça. Esse gesto técnico é bastante utilizado durante o jogo e pode ser aplicado, tanto para ações ofensivas como defensivas. O cabeceio apresenta-se como uma das alternativas para a realização de outros fundamentos, tais como: passe, chute, etc.

i. Caneta: Drible que consiste em fazer a bola passar entre as pernas do adversário.

j. Carrinho: Jogada em que, para desarmar o adversário, o jogador se atira com os dois pés em direção à bola, deslizando sobre os calcanhares e com o corpo parcialmente deitado.

k. Chapéu ou lençol: O jogador joga a bola por cima da cabeça do adversário e corre pelo lado para recuperá-la.

l. Chute de primeira: É o ato de chutar a bola sem deixar ela cair no chão, quando ela ainda está em movimento.

m. Craque: Palavra usada para definir um ótimo jogador de futebol, isso pode ser em quaisquer das posições.

n. Cruzamento: É um tipo de lance onde o jogador chuta a bola da lateral para a área do adversário buscando o companheiro. Define-se como a ação que expõe a defesa contrária a situações eminentes de gol.

o. Dominar a bola: Este fundamento tem como principal função mostrar a habilidade que o atleta tem em amortecer a bola na sua recepção, sobretudo, conservando-a próximo de si, mantendo-a sob controle, com as diferentes partes do corpo, evitando que o adversário aproveite de sua falha e fique com a posse de bola.

p. Drible: Uma das jogadas mais bonitas do futebol. Consiste em se livrar da marcação adversária usando uma finta de corpo ou um toque de bola.

q. Elástico: Estilo de drible que é realizado na circunstância em que o jogador, utilizando o seu pé dominante, dá um leve toque na bola para a parte exterior, e rapidamente a traz para o lado interior do seu pé, sem que a bola perca o contato com a chuteira. O êxito do elástico depende bastante da velocidade e da aceleração em que se encontra o jogador que lhe aplica.

r. Embaixadinha: Série de toques curtos na bola, controlando ela no ar, sem que ela e o pé toquem o chão.

s. Grande área: É o nome dado a uma das duas áreas que antecedem o gol no campo de futebol. Tem um formato retangular, e se estende por 16,5 metros a cada um dos lados do gol, e 16,5 à sua frente. As faltas que acontecem dentro da grande área são batidas da marca do pênalti.

t. Isolar a bola: Expressão utilizada no futebol quando se chuta a bola com muita força para longe.

u. Lateral: é uma das posições do futebol. Os laterais ocupam a linha de defesa, juntamente com os avançados.

v. Letra: Tipo de passe ou chute que o jogador cruza as pernas pelos tornozelos e remata a bola.

w. Marca de escanteio: É uma marca que a bola deve estar parada sobre ela na hora de cobrar o escanteio. A área de tiro de canto é marcada por um quarto de círculo com raio de 1 metro, a partir de cada bandeira de canto e no interior do campo.

x. Marcação: Existe a “marcação do campo de jogo”, que são as linhas que demarcam todos os limites do campo e a “marcação tática”, que os jogadores utilizam durante o jogo para roubar a bola.

y. Passe: Significa tocar a bola a um companheiro durante o jogo.

z. Passe 1,2 ou tabela: Tipo de jogada em que, o jogador 1, toca a bola, passa para receber novamente e o jogador 2 devolve a bola para ele, formando uma triangulação de passe, confundindo o adversário.

aa. Pedalada: O jogador passa os pés alternadamente por cima da bola, confundindo o marcador, que não sabe para que lado ele irá.

bb.Peixinho: Tipo de jogada em que o jogador mergulha e cabeceia a bola praticamente no chão.

cc. Tiro de canto (escanteio): a bola tiver ultrapassado na sua totalidade a linha de meta, seja por terra ou pelo ar, depois de haver tocado por último a um jogador da equipe defensora, e não tenha sido marcado um gol.

dd.Tiro de meta: a bola tenha ultrapassada em sua totalidade a linha de meta, seja por terra ou pelo ar, depois de haver tocado por último um jogador da equipe atacante, e não tenha marcado um gol.

ee. Vantagem: Tipo de lance em que, se o jogador está com a bola dominada sofre uma falta e outro jogador do mesmo time continuar com a bola, o árbitro pode deixar a jogada seguir, se ele entender que o time leva vantagem.

ff. Voleio: É um chute difícil de executar. O chute de voleio necessita obviamente de um companheiro de equipe que faça um cruzamento exemplar. Se este mesmo cruzamento for bem feito, o movimento inicial que têm que fazer é simplesmente deixar a bola ir ligeiramente para trás, enquanto gira o corpo a 90º e chuta a bola.

8. Passar pelo menos 4 horas ajudando uma pessoa menos habilidosa ou mais jovem a melhorar suas habilidades.

Item prático.

9. Jogar ao menos cinco partidas com a família ou amigos. Mostrar "fair play" durante seus treinos e jogos.

Item prático.

10. Escrever um relatório de uma página sobre um famoso jogador de futebol. Discutir porque ele é ou não é um bom modelo cristão.

Item prático (O relatório é com vocês, mas qualquer dúvida me falem aqui nos comentários ou lá no instagram do blog).

11. Discutir com seu líder, pastor ou instrutor os problemas enfrentados pela juventude Adventista do Sétimo Dia no ensino fundamental, ensino médio e faculdade. Que alternativas existem para permitir uma atividade esportiva contínua.

Item prático (Esse item você precisa cumprir em seu clube, mas qualquer dúvida é só falar comigo).

Especialidade enviada pela desbravadora Thayres Ferreira, obrigada minha flor!

<3 p="">Se inscreva no canal e fique por dentro de todo conteúdo!


Baixe a Especialidade.
Clique aqui e baixe a especialidade SEM RESPOSTAS.
Clique aqui e baixe a especialidade COM RESPOSTAS.

Lembre de adicionar suas respostas ao relatório, fiz ele no word para que você pudesse editar do seu jeitinho. Qualquer dúvida, me procurem!

9 comentários:

  1. oiiiii Gabi eu vou enviar as fotos das especialidades que eu fiz dO SEU BLOG MARAVILHOSO

    ResponderExcluir
  2. Ahh por favor poderia colocar as fontes da sua pesquisa por favor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando eu faço a especialidade, eu coloco, mas quando me enviam, geralmente não colocam, ai não tem como eu colocar. :/

      Excluir
  3. amo esse site só faço minhas especialidades aqui

    ResponderExcluir