Como fazer suas próprias especialidades - Desbrava7 | Especialidades Respondidas | Desbravadores

Como fazer suas próprias especialidades

em 2/05/2019


Imagina que incrível criar as suas próprias especialidades, bem legal, né?!

Então, nesse post vou te ensinar como, porque SIM, é possível e se você tiver paciência, ela vai ser aprovada tranquilamente, bora lá ver isso.

Não sei se vocês lembram, mas em 2017 eu entrevistei o criador da especialidade de tubarões e foi ele que me contou a respeito disso, esses dias eu estava olhando a entrevista e resolvi pesquisar o tal formulário que ele me disse, e como eu sei que vocês são curiosos também, decidi trazer para o blog.

Se você deseja fazer uma especialidade, você precisa fazer o seguinte.

1. Os requisitos da especialidade devem manter os níveis e a filosofia da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

2. Os requisitos das especialidades devem manter um equilíbrio de teoria e atividades "manuais".

3. Se possível, os requisitos devem ser desenvolvidos sobre dois níveis de estudo: básico (idade 10 a 15) e avançado (idades 16 ou mais). Possuir a especialidade básica deve ser pré-requisito para se obter a especialidade avançada, em determinado tema.

4. Os requisitos devem ser para grupos ou indivíduos.

5. Os requisitos devem ser cumpridos em menos de três meses. Esta é apenas uma regra geral, pois algumas especialidades (ex.: Atividades Profissionais) necessitam de mais tempo.


6. Os requisitos devem expor, de forma simples, exatamente o que deve ser realizado.

7. Os requisitos devem cuidar do nosso meio ambiente. Por exemplo, para evitar a destruição da vida animal ou vegetal, deve solicitar fotos ou desenhos em vez de coleções.

8. Os requisitos da atividade do tempo são escritos para evitar conflitos com os horários escolares ou de trabalho. (Ex.: um acampamento de quatro dias pode ser realizado em dois fins de semana).

9. Os requisitos devem ser realizados em um meio ambiente seguro e supervisionado, para não afetar a segurança de seus participantes.

10. Os requisitos devem estar de acordo com as leis ambientais do país.

11. Os requisitos devem ser traduzidos corretamente no idioma do país.

Calma, ainda não acabou, tem mais!

Só que para você ver o resto, vai ter que ir lá no instagram @curtiebloguei ou na página do facebook, vai lá conferir e depois me conta aqui qual especialidade você faria ou vai fazer!

Se inscreva no canal e fique por dentro de todo conteúdo!


4 comentários:

  1. Para onde eu envio a minha especialidade?

    ResponderExcluir
  2. se eu criar uma especialidade como faço para ela ser oficializada/certificada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você precisa enviar para o Udolcy e ele vai aprovar.

      Excluir