Especialidade de Intercessor Respondida

em 21 de dezembro de 2018

Especialidade de Intercessor Respondida

Especialidade de Intercessor, se você não tem, vem conferir e não esquece de compartilhar com seus amigos!

Especialidade de Intercessor



1. Defina com suas palavras:

a) O que é um intercessor.
R: Interceder é colocar-se no lugar de alguém e lutar pela causa dessa pessoa como se fosse sua própria causa ou luta. Portanto o que estamos estudando nesta especialidade refere-se a lutar em favor de outros, ajudar outras pessoas em sua vida espiritual.

b) O que é oração Intercessora.
R: Quando queremos ajudar alguém, surge a oração intercessora que é justamente orar por outra pessoa que está precisando de nossa ajuda ou de alguma coisa bem específica. Orar por alguém não precisa ser somente por problemas de saúde, financeiros ou ligados a algum problema, mas pode ser uma oração pedindo para que Deus abençoe alguém que amamos: um familiar, um amigo, nosso irmão de igreja, colega de classe, enfim.

2. Pesquisar na Bíblia e em livros do Espirito de Profecia sobre o ministério intercessor de Cristo no Santuário celestial.

R: Na história do sacrifício de Jesus, sua morte foi em favor da humanidade para que tivéssemos direito a salvação. No passado o sumo sacerdote entrava em um determinado dia do ano para fazer a expiação, pedir o perdão, pelos seus próprios pecados e pelos pecados do povo. Jesus, além de servir como o Cordeiro perfeito que tira o pecado do mundo, é também o nosso sumo sacerdote conforme lemos em Hebreus 2:17; 3:1 e 4:14.

Sendo nosso sumo sacerdote, Jesus encontra-se nesse momento no santuário celestial (Hebreus 9:24) para completar a obra de expiação por nossos pecados, sendo assim um intercessor em nosso favor, assim como vimos no conceito da palavra “interceder”, colocar-se no lugar de alguém, lutar por algo em favor de alguém.

Os versos de Hebreus 9:11-12 afirmam o ministério sacerdotal de Jesus nesse momento, afirmando que Seu sangue obteve a eternal redenção. Ellen White comenta no livro Atos dos Apóstolos pg. 128 o seguinte em relação a este assunto: “Ao proclamar Paulo, com zelo santo, o evangelho na sinagoga de Tessalônica, um jato de luz se derramou sobre o verdadeiro significado dos ritos e cerimônias que se relacionavam com o serviço do tabernáculo. Conduziu ele a mente de seus ouvintes para além do cerimonial terrestre e do ministério de Cristo no santuário celestial, até o tempo em que, tendo completado Seu trabalho de intercessão, Ele deverá voltar, com poder e grande glória, para estabelecer Seu reino na Terra. Paulo cria na segunda vinda de Cristo; apresentou as verdades concernentes a esse evento com tanta clareza e ênfase, que produziu na mente de muitos dos ouvintes uma impressão que nunca mais se apagou.”.

3. Cite, ao menos, 3 versos bíblicos diferentes dos citados nesta especialidade que incentivam as pessoas a orarem umas pelas outras.

I Tessalonicenses 1:2-3 “Damos, sempre, graças a Deus por todos vós, mencionando-vos em nossas orações e, sem cessar, recordando-nos, diante do nosso Deus e Pai, da operosidade da vossa fé, da abnegação do vosso amor e da firmeza da vossa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo.”

I Timóteo 2:1 e 2 “Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito.”

Jó 16:21 diz “Assim como alguém defende o seu amigo, eu preciso de quem defenda o meu direito diante de Deus.”

4. Cite, ao menos, 3 histórias bíblicas onde um personagem tenha intercedido por outro(s).

2 Reis 4:8-37 onde o profeta Eliseu ora a Deus e ressuscita o filho da sunamita.

Êxodo 32:1-24 relata quando o povo liberto do Egito adorou ao bezerro de ouro e Moisés intercedeu por eles ao Senhor para que não os destruísse.

Lucas 23:33-49 Jesus intercedeu por aqueles que o estavam crucificando, vemos o relato no verso 34, uma oração em favor daqueles que o maltratavam.

5. Porque é importante tornar-se um intercessor? Quais os benefícios de orar por outros?

R: Orar por outra pessoa é fazer aquilo que Jesus nos ensinou: amar o nosso próximo. Como ficamos felizes quando alguém nos ajuda em algo que temos algum tipo de dificuldade ou mesmo uma necessidade. Da mesma forma, outras pessoas ficam felizes quando ajudamos de alguma maneira, e aquilo que parece ser muito simples, a oração.

6. Debater com seu grupo de oração intercessora as seguintes passagens:

a) João 17:9 - De quem Jesus estava falando?
R: Jesus ora por “aqueles que me deste”, ou seja, todos aqueles que aceitam a Cristo como seu Salvador e Mantenedor. Se um dia você aceitou Jesus em sua vida, a oração sacerdotal de Jesus foi por você!

b) Tiago 5:13 a 16 - Por que a Bíblia nos deixou esses conselhos?
R: Fala que devemos orar em diferentes tipos de situações, não somente quando tudo vai mal, mas para agradecer e para efetuar uma entrega verdadeira ao Senhor. É interessante como o texto menciona no verso 16 que devemos orar uns pelos outros para sermos curados!

c) Mateus 6:5 a 1 5 - 0 que essa passagem ensina sobre oração e intercessão?
R: Nos ensina como devemos orar, e é importante percebermos como nossa oração em favor dos demais deve ser sincera, e não apenas da boca para fora. Precisamos perdoar amar e nos entregarmos assim como entregamos a vida de outra pessoa nas mãos do Senhor.

7. Fazer dois dos seguintes:

Item prático.

a) Fazer uma pesquisa em seu bairro ou comunidade levantando interessados em receber orações de seu grupo. Manter uma relação de endereços desses e, ao final do período de pelo menos 2 semanas, enviar uma carta oferecendo um estudo bíblico a cada um e convidá-los para uma programação especial de sua Igreja.

b) Manter uma relação de e-mails e telefones de membros de seu Clube e Igreja. Durante os cultos de oração de sua Igreja, listar cada novo pedido e enviar mensagens aos membros da relação para que orem, a fim de formar uma rede de oração.

c) Criar um site ou blog que possa receber pedidos de oração. Divulgá-lo em sua comunidade e para seus amigos. Fazer com que todos os pedidos recebidos sejam encaminhados a pessoas que possam orar pelos mesmos, incluindo você.

8. Durante, ao menos, 2 reuniões de seu Clube, participar de um momento de oração intercessora, onde os membros possam expressar seus pedidos de oração, orar uns pelos outros e anotar os pedidos dos demais para orar durante a semana.

Item prático.

9. Em consulta com seu Diretor, fazer uma lista de desbravadores "ausentes" de seu Clube e orar por esses pelo período mínimo de 30 dias. Em conjunto com seu grupo que está cumprindo a especialidade, visitá-los ou, na impossibilidade, enviar um cartão informando o fato de terem orado pelos mesmos por esse período. Perguntar se sentem o desejo de regressar e convidá-los a retornar ao Clube.

Item prático.

10. Estabelecer um horário bem definido para suas orações. Explique por que escolheu esse horário. Em uma entrevista com o seu Pastor ou Ancião, descubra como é possível seguira recomendação de 1 Tessalonicenses 5:17.

Quando vemos o exemplo de Jesus em Marcos 1:35 e comparamos com o episódio do Getsêmani em Marcos 14:32-42, vemos que Jesus tinha o hábito de orar pela madrugada e em lugares específicos como o monte. Jesus escolhia orar de madrugada pois encontrava no silêncio a oportunidade perfeita de ouvir verdadeiramente a voz do Pai Celestial. De semelhante modo percebemos que Daniel orava 3 vezes ao dia como um costume (Daniel 6:10), e que mesmo diante de uma ameaça iminente a sua vida, Daniel não desistiu de seus hábitos de oração. É importante que tenhamos hábitos, costumes de oração, pois do contrário cairemos no engano de pensar que quando tivermos vontade iremos orar, quando na verdade não iremos.

11. Fazer um relatório sobre suas experiencias ao realizar os requisitos dessa especialidade. Citar os pontos positivos encontrados e observados. O que melhorou em sua vida durante esse período? Você gostaria de continuar intercedendo por outros? Por quê?

Item prático.

12. Durante o período dessa especialidade, incluir em sua lista de oração os membros do grupo de oração intercessora que estão cumprindo a especialidade.

Item prático.

Especialidade enviada pelo João Vieira, obrigada! ♥

Se você também quiser enviar alguma especialidade, o e-mail é araujogabrielle@hotmail.com

-- ♥ --

Gostou da especialidade, te ajudou ou tem alguma dúvida? Deixe nos comentários.

Se inscreva no canal e fique por dentro de todo conteúdo!



Baixe a Especialidade.
Clique aqui e baixe a especialidade SEM RESPOSTAS.
Clique aqui e baixe a especialidade COM RESPOSTAS.

Lembre de adicionar suas respostas ao relatório, fiz ele no word para que você pudesse editar do seu jeitinho. Qualquer dúvida, me procurem!

4 comentários: