Especialidade de Araras, Papagaios e Periquitos Respondida - Desbrava7 | Especialidades Respondidas | Desbravadores

Especialidade de Araras, Papagaios e Periquitos Respondida

em 12/14/2018

Especialidade de Araras, Papagaios e Periquitos Respondida
Especialidade de Araras, Papagaios e Periquitos, a pedido do desbravador Mateus e se você também quiser pedir especialidades me acompanhem na página do blog e lá no instagram também.

Agora vamos conferir essa especialidade nova, só não esquece de compartilhar com seus amigos, pois a divulgação de vocês ajuda muito!

Especialidade de Araras, Papagaios e Periquitos.



1. As araras, os papagaios e os periquitos pertencem a qual ordem e qual família de aves? Quais são as principais características que diferenciam esta ordem dos outros pássaros.

R: Psittacidae é composta pelas araras, maracanãs, papagaios e periquitos, cujas características chamam logo a atenção, pois são aves que ostentam cores vistosas em suas plumagens, variando do verde, vermelho, amarelo e azul, sendo comum em algumas espécies duas ou mais cores em uma combinação muito bonita e chamativa.

As aves desta família possuem bico redondo, pernas curtas o que lhes dá uma movimentação muito característica que é de “andar pelos galhos”, sendo assim exímios “trepadores".

2. Dar o nome de 15 espécies de araras, papagaios e periquitos comuns em seu país e ser capaz de identificá-los ao ar livre, em cativeiro ou em fotos.

15-especies-de-araras-papagaios-periquitos

3. Onde as araras, os papagaios e os periquitos constroem seus ninhos?

R: Elas fazem seu ninho em fendas ou buracos em paredão de pedra, em ocos de galhos e arvores. O difícil acesso protege da maioria dos predadores.

4. Quais são as características destas aves chamam atenção e os tornam bons animais de estimação? Quais aves deste grupo são as mais criadas em seu país?

ARARAS.
Ruído alto; Muito dispendiosas; Ótimas companheiras; Muito barulhentas; Podem ser agressivas com estranhos; Bico fortíssimo e garras poderosas; Alimentação cara e difícil; Não são boas para aprender a falar.

PAPAGAIOS.
Ruído médio; Dispendiosos; Ótimos companheiros; Geralmente falam muito bem; Afeiçoam-se muito a um só dono; Grande variedade de cores.

PAPAGAIOS CINZENTOS.
Ruído médio; Dispendiosos; Ótimos companheiros; Ótimos faladores; Muito inteligentes; São os únicos que imitam voz humana, aprendem mais de 200 palavras; Os mais apreciados entre os papagaios; Muito ativos e divertidos.

CALOPSITAS / CATURRAS.
Ruído médio; Ótimas companheiras; Ótimas cantoras, podem aprender algumas palavras; Assobiam muito bem; Muito ativas e alegres; Podem-se tornar barulhentas se não viverem em casais ou grupos; Precisam de espaço para poder abrir as asas.

CACATUAS.
Ruído alto; Muito dispendiosas; Exigentes; Geralmente boas para falar; Tendência para gritar alto; Ótimas companheiras; Ativas e divertidas; Precisam de muito espaço.


JANDAIAS.
Ruído alto; Preço acessível; Ótimos companheiros; Assobiam muito bem; Muito ativos e alegres; Não aprendem a falar, mas imitam alguns sons; Grande variedade de espécies.

AGAPORNIS.
Ruído baixo; Muito baratos; Fáceis de acomodar em gaiolas relativamente pequenas; Fáceis de domesticar; Não aprendem a falar, mas imitam alguns sons tais como assobios e beijos; Grande variedade de cores; Extremamente ativos e divertidos; Precisam de um parceiro da mesma espécie.

5. Quais são as maiores ameaças enfrentadas pelas araras, papagaios e periquitos? Cite quatro espécies que estão ameaçadas de extinção?

Há décadas várias espécies de aves vêm sofrendo grandes impactos, ou seja pelo intenso tráfico de animais silvestres ou pelo intenso desmatamento de grandes florestas. A perda do habitat é um dos grandes fatores pelas inúmeras espécies estarem desaparecendo.

Nome Científico: Amazona brasilienses (Linnaeus,1758).
Nome comum: “Papagaio-de-cara-roxa”.
Nome em Inglês: Red-tailed ParrotUF: PR, SC, SP.

Nome Científico: Anodorhynchushyacinthinus (Latham, 1790).
Nome comum: “Arara-azul-grande”.
Nome em Inglês: Hyacinth MacawUF: AP, BA, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PI, SP, TO.

Nome Científico: Guaruba guarouba (Gmelin,1788).
Nome comum: “Ararajuba”.
Nome em Inglês: Golden ParakeetUF: AM, PA, M.

Nome Científico: Pyrrhura griseipectus (Salvadori,1900).
Nome comum: “Tiriba-de-peito-cinza”.
Nome em Inglês: Gray-breasted ParakeetUF: AL, CE, PE.




6. Escolher uma espécie entre as ameaçadas de extinção e dizer:

a) Nome popular e nome científico.
R: Ararinha azul e Cyanopsitta spixii.

b) Habitat e distribuição geográfica.
R: A espécie ocorria principalmente na margem sul do rio São Francisco em matas de galerias dominadas por caraibeiras (Tabebuia aurea). A área de registro histórico está situada na região do submédio São Francisco no noroeste da Bahia entre as cidades de Juazeiro e Abaré.

c) Alimentação.
R: Frutos de palmeiras.

d) Principais ameaças.
R: A perda do habitat, competição com abelhas africanizadas por ninhos, caça e tráfico de filhotes. Durante as últimas décadas, o tráfico ilegal foi possivelmente a principal causa da extinção da espécie na natureza.

e) Estratégias de conservação.
R: O IBAMA criou um comitê especializado em cuidar da conservação dessa espécie.

7. Escolher uma espécie não ameaçada de extinção e dizer:

a) Nome popular e nome científico.
R: Maracanã-pequena e Diopsittaca nobilis.

b) Habitat e distribuição geográfica.
R: Da Venezuela e Suriname ao Brasil, em Mato Grosso, Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro e estados do nordeste.

c) Alimentação.
R: Sementes e frutas.




8. Onde é possível adquirir uma arara, um papagaio ou periquito com origem legal? Por que não se recomenda comprar animais que não tenham origem legal?

R: Pode ser comprada em criadouro legalizado, com aneleira fechada e nota fiscal oficial, caso contrário, esqueça! Ninguém legaliza um pássaro ilegal! Criadouros legalizados são certificados pelo IBAMA, para criação, as aves que eles comercializam não são capturadas na floresta mais sim criadas em cativeiros controlados, elas não sofrem maus tratos, e são registradas, cada ave possui um anel identificador q diz a sua procedência e criação. 

Não é recomendado criar aves que não sejam legalizadas ou registradas pois nesses casos, as aves são retiradas ainda bebes de seu ninhos e levadas em péssimas condições para compradores, muitas morrendo no decorrer das viagens.

Especialidade enviada pelo João Vieira, obrigada! ♥

Se quiser enviar alguma especialidade também, o e-mail é araujogabrielle@hotmail.com

-- ♥ --

Gostou da especialidade, te ajudou ou tem alguma dúvida? Deixe nos comentários.

Se inscreva no canal e fique por dentro de todo conteúdo!

Baixe a Especialidade.
Clique aqui e baixe a especialidade SEM RESPOSTAS.
Clique aqui e baixe a especialidade COM RESPOSTAS.

Lembre de adicionar suas respostas ao relatório, fiz ele no word para que você pudesse editar do seu jeitinho. Qualquer dúvida, me procurem!

Nenhum comentário:

Deixe um comentário. ♡